GOSTO

Gosto de escrever bobagens vez em quando
Gosto de aves marinhas e terrestres
Gosto de  árvores e folhas
Gosto de conchas do mar
Gosto de poder tocar violão
Gosto
Gosto de poder ouvir música
Gosto de conhecer gente
Gosto de poesia
Gosto também de algumas porcarias...
Gosto de pedras
De palmeiras
De vento ventando na minha cara
Gosto de sol a pino em minha moleira
Gosto de forró
Um bom forró vez em quando
Gosto,
Gosto do mar
Sempre
Gosto de fumar um cigarro
De beber um vinho cerveja, malzibier...
Gosto até de cachaça quando cai bem
Gosto de rir
E também de chorar
Mesmo quando dói tanto que parece não acabar
Gosto de andar descalça em qualquer lugar
Gosto, gosto, gosto
Na verdade
Acho que gosto mesmo
é de gostar

Maria Haro