press-RELEASE

English

MARIA HARO nasceu em Montevidéu-Uruguai e é brasileira naturalizada. Iniciou seus estudos de violão em 1973 com Antonio Manzione, em Santos- SP e aperfeiçoou-se com Henrique Pinto (SP), Leo Soares (RJ), Abel Carlevaro (Uruguai) e Miguel Girollet (Argentina). É Bacharel em Música pela UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) onde estudou com Turibio Santos. Obteve seu título de Mestre em Música na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), apresentando a dissertação “Nicanor Teixeira: a música de um violonista-compositor brasileiro”, em 1993.

Desde 1990 é professora de violão na UNIRIO.

Recebeu várias premiações em concursos nacionais, destacando-se o 1º lugar no Concurso Nacional Villa-Lobos (1987).

Como solista e camerista tem estreado e gravado obras de diversos compositores brasileiros como: Nicanor Teixeira, Ricardo Tacuchian, Cláudio Santoro, Marisa Rezende, Sérgio Barbosa, Antonio Guerreiro, H.D.Korenchendler, Vera de Andrade e Arthur Verocai.

Dentre os Cds e Lps dos quais participou destacam-se: “Die Barock Traversa”, “Orquestra de Violões do Rio de Janeiro”, “Koellreuter 70”, “Nicanor Teixeira por 28 intérpretes”, “Concerto Louvação”, “Imagem Carioca”, “Violões da AVRIO I e II”.

Em 1999 foi convidada a participar como recitalista, professora e júri do “I Festival y Concurso Isaac Nicola” em Camaguey, Cuba. Em 2005 realizou o concerto inaugural do “Encuentro Internacional de Guitarra”, em Montevidéu – Uruguai, pela comemoração dos 10 anos do programa de televisão “La Guitarra y sus Intérpretes”, dirigido pelo violonista uruguaio Cesar Amaro. Gravou também um concerto para o mesmo programa televisivo. Em maio de 2007, participou das homenagens ao compositor Agustin Barrios, em San Juan Bautista, Paraguai.

Em 2007 lançou seu CD “Fina Flor: Maria Haro interpreta Nicanor Teixeira” recebido com elogios  pela crítica especializada. Em 2008 Participou do “3º Encuentro Internacional de Guitarra”, em Asunción-Paraguay, do “VII Seminário Internacional de Violão Vital medeiros”, em Suzano-Sâo Paulo, da “V Semana do Violão do Maranhão”, Do “46º Festival Villa-Lobos”, no Rio de Janeiro.

Em duo com a violonista Vera de Andrade, com um repertório voltado exclusivamente à música brasileira, apresentou-se no Festival Internacional “Primavera de la Guitarra” no Paraguay e  na “International Perfomer Series” da New England Guitar Society, no Milford Center for the Arts, em Conneticut, USA.

 

...”Maria Haro sempre se revelou como violonista e musicista de excepcional talento.”  
   
Sérgio Abreu
 

 

...”Maria Haro é brilhante concertista, de rica personalidade artística e musicista de primeira linha.”

   
Turíbio Santos
 
   

 

 

 

“... cd definitivo com obras de Nicanor Teixeira.

O que é preciso para se fazer um CD definitivo homenageando um mestre do violão como Nicanor? Conhecer a fundo a obra do compositor baiano, apresentar uma técnica perfeita e um grande som de violão? Para Maria Haro, que domina todos esses requisitos, a amizade e a admiração nutridas pelo velho Nica foram fundamentais para produzir o maravilhoso álbum “FINA FLOR-MARIA HARO INTERPRETA NICANOR TEIXEIRA”.

 
   
Revista VIOLÃOPRO, novembro de 2007
 
       

Caramba! Nicanor Teixeira interpretado por Maria Haro é um Cd que só pode ser tratado na base de interjeições! ... Maria Haro, impávida de amor, nos traz a obra de Nicanor vívida, esmerada, sofrida e exuberante. O Brasil é uma caixa de surpresas em matéria de violão. Inesgotável! Felicidade nossa que podemos usufruir de tantos talentos e não precisamos cair na tentação infantil de gritar: este é o maior! São todos maiores, do tamanho do Brasil, de Maria, de Nicanor.”

 
   
Turíbio Santos
 

 

 

 

página inicial